Na adolescência, o jovem experiencia várias mudanças na sua vida a um ritmo alucinante.

Estas mudanças ocorrem ao nível do seu corpo mas também a nível emocional, no que toca aos seus pensamentos, emoções, desejos, direitos e responsabilidades. Depara-se com a necessidade de descoberta, de procura de uma nova identidade através do viver de novas experiências, da colocação de dúvidas e da elaboração de ideais. Todas estas questões vão pautando a conquista de competências ao nível da relação consigo próprio e com os que o rodeiam.

No entanto, mudar, crescer pode ser difícil, doloroso, e por vezes o adolescente pode sentir-se deprimido, ansioso, desmotivado, impulsivo, revoltado, zangado, sendo díficil compreender o porquê de tal emaranhado de sentimentos por vezes contraditórios.

Falar com os pais nem sempre é fácil sendo que  a orientação profissional de um psicólogo poderá ajudá-lo no seu desenvolvimento psicológico e social.

A psicoterapia procura disponibilizar ao adolescente um espaço de escuta e de compreensão, onde se possa sentir confortável para expressar as suas dúvidas, angústias, desejos, medos, ao longo deste percurso tão importante da sua vida.

É um espaço onde pode pensar acerca da sua emergente forma de sentir e estar no mundo, sentindo-se apoiado neste momento de mudança, podendo possibilitar-lhe um melhor conhecimento de si próprio.

Carolina Justino

Carolina Justino

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta
ver perfil
"Falar com os pais nem sempre é fácil sendo que a orientação profissional de um psicólogo poderá ajudá-lo no seu desenvolvimento psicológico e social."